https://static.portaldamusica.org.mz/images/defaults/defaults1_740x533

Tambores do Mapiko

  • Tipo de Instrumento
  • Membranofone
  • Designações Regionais
  • Tambore do Mapiko (Cabo Delgado)
  • Abrangência provincial
  • Cabo Delgado
  • MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
  • Tronco de árvore e pele de animal
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Apresentação

Estes instrumentos são usados na dança Mapico originária da Província de Cabo Delgado.

Ligoma — Este tambor é feito a partir de um tronco cavado, aberto de um lado e com uma membrana de pele de animal na outra extremidade.

LikutiI — Este é um tambor pequeno em forma de cálice, que marca o início da dança. Inicialmente é tocado com duas baquetas compridas e seguidamente tocado com as mãos, pelo mesmo tocador do Ligoma.

Singanga — Estes tambores têm quase o mesmo formato que o Likuti, com a diferença de serem mais pequenos e com uma ponta aguçada que é espetada no chão. Normalmente são mais de 7, tocados simultaneamente e com a mesma cadência. São batidos com duas baquetas compridas.

Neya ou Neha — É o tambor mais alto e estreito. É tocado com as mãos e é quem orienta os Singanga e regula a cadência de todos os outros tambores,

NtojiI ou Ntonha — É o tambor que comanda os movimentos do dançarino «Lipico


Parceiros