Alexandre Langa

Alexandre Langa

  • NOME COMPLETO
  • Alexandre Langa
  • NATURALIDADE
  • Manjacaze
  • IDADE
  • 60
  • INÍCIO CARREIRA
  • 1964
  • FALECIDO EM
  • 2003-12-29
  • BASEADO
  • -
  • PROVINCIA
  • Gaza
  • INSTRUMENTOS
  • Guitarra Clássica
  • Guitarra Elétrica
  • Saxofone
  • Bamdolino
  • Vocalista
  • GÉNERO MUSICAL
  • Marrabenta
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Biografia

Alexandre Langa nasceu a 26 de Fevereiro de 1943, no Distrito de Chibuto, província de Gaza. O pai tocava timbila, Alexandre cresceu num ambiente rural. Além do seu pai, na zona existiam outros tocadores de timbila e era comum ouvir-se música sul-africana em gramofones trazidos por mineiros.

Alexandre Langa deu os primeiros passos na música por volta de 1955, na escola primária, tendo como primeira referência o trovador Eusébio Johane Tamele. Dividia o seu tempo entre a escola, a pastorícia e a aprendizagem musical, uma agenda pesada para um menino de 12 anos, que se fosse independente optaria pela última atividade. Tal como outros meninos da sua zona, Langa usou uma lata de azeite, uma madeira e cordas de nylon para sozinho fabricar a primeira guitarra. Sozinho também aprendeu a tocar.

Singrou na música, em 1959, Alexandre Langa deixou Chibuto para se fixar em Lourenço Marques (Maputo). Na grande cidade, trabalhou inicialmente como empregado doméstico e depois como dobrador nas oficinas do jornal “A Tribuna”.

Mas o que mais queria era continuar a tocar. Procurou integração no circuito musical de Lourenço Marques, processo que foi lento e pouco animador. Em 1965, Alexandre Langa adoptou o pseudónimo Kid Munyamane (escurinho), por ser o menos claro entre os seus amigos e colegas. Usando este nome, publicou 14 singles em changane e um em zulu, e actuou na Namíbia, Swazilândia, Lesotho e Zimbabwe. Usou também o pseudónimo Samson the Lion Heart.

Além de cantar e tocar guitarra, Alexandre Langa despontou como saxofonista, fazendo valer os ensinamentos dados, na segunda metade dos anos 1960, por Spokes Mashiyane (popular flautista) e Ntemi Edmund Piliso.

Alexandre Langa morreu, em Maputo, no dia 29 de Dezembro de 2003, e foi sepultado em Chibuto, a 2 de Janeiro de 2004.


Parceiros