Avelino Mondlane

Avelino Mondlane

  • NOME COMPLETO
  • Avelino Mondlane
  • NATURALIDADE
  • Maputo
  • IDADE
  • 45
  • INÍCIO CARREIRA
  • 1970
  • FALECIDO EM
  • 2004-09-15
  • BASEADO
  • -
  • PROVINCIA
  • Maputo (cidade)
  • INSTRUMENTOS
  • Bateria
  • GÉNERO MUSICAL
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Biografia

Nasce no Bairro de Mavalane, na Cidade de Maputo, filho de um operário e de uma doméstica, estudou até à 4º classe na Escola do Bairro Ferroviário das Mahotas, entre 1970 e 1976. A iniciação musical decorreu nos anos 70 tendo sido dançarino no grupo “Folclórico Xiguenda Dama”. Destacou-se como um dos grandes dançarinos da Cidade de Maputo, tendo viajado pelo país. Dançou com o Sul-africano Shabalala e participou em espectáculos onde também actuavam músicos como Dilon Djindji, Mandjacaziano (Alberto Mula) e Mário Timane. Fez parte do grupo “Os Pintainhos”, que tocavam, regularmente, em Mavalane, ao lado do grupo Os Mesmos. A sua primeira actuação foi como baterista, na zona de Missavene (Xikhelene). “Os Mesmos” imitavam a banda sul-africana “The Movers”, então em voga. Em 1976, foi chamado a cumprir o Serviço Militar Obrigatório. Entre 1977 e 1978, trabalhou na área de educação no Centro de Preparação Político-Militar de Boane. Usava aparelhagem e trabalhava com a banda musical das Forças Armadas. Em 1983, fundou o grupo “Surpresas”, associada ao exército e em parceria com outros militares. Embora militar, realizava espectáculos para o público, nomeadamente no Snack Bar Nhantumbo, no bairro Unidade 7. Foi em 1983, com o grupo “Surpresas”, gravou o seu primeiro disco de 45 rotações, contendo as músicas Kumiyela (Ser calado) e I Ngwendza (A vida de Solteiro). O disco teve muita aceitação na altura, porque falava da importância da mulher na sociedade, e abriu a possibilidade de actuar em clubes nocturnos da época como Sanzala e o Zambi, numa fase em que acompanhado pelos grupos “Som Livre" e “M’bila”. No final dos anos 80 tinha muitas músicas gravadas na Rádio Moçambique, tendo lançado a colectânea LIxile M’pfutho, a primeira cassete editada pela empresa radiofónica. Avelino Mondlane, nas suas músicas, retrata o dia-a-dia da vida conjugal e também canta o amor. No dia 15 de Setembro de 2004, morre no Hospital Central de Maputo, vítima de doença.


Parceiros