https://static.portaldamusica.org.mz/cImages/5_0000000000/img000148-518-20220318-092258

Francisco Mahecuane

  • NOME COMPLETO
  • Francisco Mahecuane Macovela
  • NATURALIDADE
  • Chirindzine, Xai-Xai
  • IDADE
  • 104
  • INÍCIO CARREIRA
  • 1938
  • BASEADO
  • Maputo
  • PROVINCIA
  • Gaza
  • INSTRUMENTOS
  • Guitarra Elétrica
  • GÉNERO MUSICAL
  • Marrabenta
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Biografia

Autor da celebre canção Moda Xicavalu, lançou mais de duzentas obras de marrabenta e majika, em vinil, cassete e disco compacto (CD). Francisco Mahecuane nasceu no dia 08 de agosto de 1919, no regulado de Chrinzine, em Xai-xai, provincia de Gaza.

Iniciou a sua carreira nos anos 40 na Africa do Sul, mais concretamente na região de Kwazulu Natal, em 1938, por influência de músicos locais, tendo como professor de guitarra o músico Mudjapany. Trabalhou nas Minas de Joanesburgo, em 1942, onde conheceu o guitarrista Manuel Dimande, natural da Manhiça que o ajudou a assimilar melhor a técnica de execução da guitarra.

Gravou pela primeira vez em 1945 na Africa do Sul e o seu primeiro disco foi Yi Xibalo Makhandane pela editora Gallo Recording Company. Mahecuane formou com Muthanda Feliciano Ngome o conjunto Grémio Civil de Chaimite e foram o segundo caso de sucesso da música cantada na língua Changana na Africa do Sul, depois de Daniel Marivate. Este grupo contava ainda com a colaboração dos músicos Antonio Mafanane Tovela, José Muhumbo Maguele e Lucia Mondlane. Os temas que marcaram esta banda no panorama musical moçambicano e sulafricano foram Warindzula Wati Siru, Yikuhela e Uyumutini Rosa.

Em 1958 regressou a Moçambique e colaborou com varios musicos locais, casos de Ernesto Zevo e Alexandre Langa. E gravou a obra Moda Xicavalu - Marrabenta Senta Baixo, tendo esta sido o seu cartão de visita para os eventos musicais na capital moçambicana.

Com a independência de moçambique passou a ter uma presença constante nos estúdios da Radio Moçambique, em 1994 gravou os temas Urandza Kata e Asanti Wamina Nimurandza psinene, mas por causa de pagamentos deixou de gravar pela Radio Moçambique e passou a gravar pela JB Recording, tendo lançado com esta editora a sua primeira cassete, intitulada, Dunga Amuti.

Mahecuane ensinou e influenciou muitos musicos da sua época a destacar o Lisboa Matavele, Xidiminguana e Francisco Mundluvo.

Discografia

  • Título Tinga Mukonguana
  • Produtora Afro Som
  • Ano
  • Título Dunga Amuti
  • Produtora JB Recording
  • Ano
  • Título Mihumbo Ya Mina
  • Produtora Ngoma
  • Ano 1984

Parceiros