https://static.portaldamusica.org.mz/cImages/5_0000000000/img000409-518-20230321-075628

Mano Azagaia

  • NOME COMPLETO
  • Edson da Luz
  • NATURALIDADE
  • Namaacha
  • IDADE
  • 38
  • INÍCIO CARREIRA
  • 2006
  • FALECIDO EM
  • 2023-03-09
  • BASEADO
  • PROVINCIA
  • Maputo
  • INSTRUMENTOS
  • Guitarra Clássica
  • Vocalista
  • Outro
  • GÉNERO MUSICAL
  • Rap
  • Hip Hop
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Biografia

Azagaia (nome tirado de uma espécie de lança curta) nasceu em 6 de maio de 1984 em Namaacha na província de Maputo, perto da fronteira de Moçambique com a Suazilândia. É filho de uma comerciante moçambicana e de um professor cabo-verdiano. Aos 10 anos de idade foi morar para a capital Maputo onde viria a concluir o ensino médio e ingressou na universidade, tendo passado pelas camadas de formação de basquetebol do Desportivo de Maputo.

Iniciou a carreira musical com 13 anos integrando com o grupo Dinastia Bantu, com MC Escudo, onde chegaria a lançar, em 2005, o álbum Siavuma.

Em 10 de Novembro de 2007 Azagaia editou o seu primeiro álbum a solo, Babalaze (que significa "ressaca" na língua changana) pela editora Cotonete Records. O lançamento tornou-se num recorde de vendas no dia de estreia. O álbum contou com as participações de Terry, em "Eu Não Paro" e de Valete em "Alternativos" Este trabalho contém um tom crítico contra o Governo moçambicano, o que terá levado a que algumas faixas a não fossem transmitidas pelos canais públicos Pela polémica destacou-se o tema "As Mentiras da Verdade”. Também se destacou a música "A Marcha" que bateu recordes de vendas.

Fazendo a sua retrospectiva dos principais acontecimentos em Moçambique, Azagaia lançou "Obrigado Pai Natal", em 2007, e "Obrigado de Novo Pai Natal" em 2008.

Depois da revolta popular de 05 de Fevereiro de 2008, em Maputo, Azagaia apresentou o tema "Povo no Poder" que lhe valeu uma intimação para se apresentar na Procuradoria-Geral da República, suspeito de "atentar contra a segurança do Estado". A música voltaria a ser lembrada na revolta popular de 1 e 2 de setembro de 2010. Após ano e meio uma afastamento dos palcos, Azagaia voltou a actuar apresentando-se num concerto na discoteca Coconuts em Maputo, em Maio de 2016.

Discografia

  • Título Siavuma.
  • Produtora -
  • Ano 2005
  • Título Babalaze
  • Produtora Cotonete Records
  • Ano 2007
  • Título Cubaliwa
  • Produtora -
  • Ano 2013

Parceiros