https://static.portaldamusica.org.mz/cImages/5_0000000000/img000278-518-20220401-093653

Marllen “Preta Negra”

  • NOME COMPLETO
  • Marlene Julieta Nguenha
  • NATURALIDADE
  • Maputo
  • IDADE
  • 40
  • INÍCIO CARREIRA
  • 1998
  • BASEADO
  • Maputo
  • PROVINCIA
  • Maputo
  • INSTRUMENTOS
  • Guitarra Clássica
  • Vocalista
  • GÉNERO MUSICAL
  • Marrabenta
O Portal da Música Moçambicana convida a todos interessados a contribuir com informação pertinente sobre músicos, bandas, instrumentos e géneros musicais que o façam pelo email info@portaldamusica.org.mz. Obrigado pela contribuição

Biografia

Marlene Julieta Nguenha ou simplesmente Marlene ou ainda se preferir “preta negra” , é uma artista moçambicana nascida na cidade de Maputo aos 23 de Agosto de 1983.

A sua carreira artística teve seu início quando tinha apenas 15 anos de idade quando fez parte de grandes companhias teatrais como Mbeu, Mutumbela Gogo e Mahamba, onde juntamente iniciou a carreira como cantora, dançarina e guitarrista durante suas actuações no palco. Três anos mais tarde ela formou seu próprio grupo “Kina-fusion” e participou num reality show televisivo denominado “Fantástico” o que a tornou mais popular. Já com fama estabelecida, algum tempo depois ela lança sua primeira música original intitulada “Ximate”. Em 2007 ela fez parte da agência “Bang Entretenimento” onde gravou seu primeiro álbum intitulado “Negra Africana” e actuou em países como Angola e África do sul.

Em 2008 passou a trabalhar com a agência “Celebrity produções” com quem gravou o álbum “Preta Negra” que foi um passo muito grande para sua carreira artística. Depois do lançamento deste álbum, Marlene passou a ser como “Preta Negra”. Em 2009 ela vence o reality show “Dança dos artistas”. Ainda no ano de 2009 ela fez uma turnê por Washington, Nova York e Filadélfia onde participou do festival “Acana” e foi neste ano que Marlene se tornou uma das artistas mais populares em Moçambique. Em 2010 esteve em Kampala, no Uganda, onde foi indicada a participar numa Cimeira da União Africana. Neste evento, actuou em palco num dueto com a reconhecida cantora Sul-Africana Ivone Tchaka-Tchaka e foi nomeada Embaixadora para a luta contra imortalidade Infantil, causa pela qual gravou a música “mwana” com participação de Rafiya, cantora congolesa, radicada nos EUA. Em 2011 actuou em Berlim na Alemanha e no mesmo ano lançou a primeira boneca negra em Moçambique, denominada “Boneca Preta Negra”, tendo vendido mais de 5000 pares dentro e fora do país (só em 2011).

Discografia

  • Título Negra Africana
  • Produtora Bang Entretenimento
  • Ano 2007
  • Título Preta Negra
  • Produtora Celebrity produções
  • Ano 2008

Parceiros